Rota da Louça em Campo Largo

Capital Nacional da Louça oferece oportunidade de turismo diferenciado

O Município de Campo Largo é considerado Capital Nacional da Louça devido ao solo rico em caulim e argila, matérias primas necessárias à produção de cerâmica; e por constituir um centro de compras, com lojas de varejo que oferecem a possibilidade de comprar com preço de fábrica. Assim, a vocação turística de Campo Largo está atrelada à modalidade de turismo de compras, considerando a produção de cerâmicae porcelana como um grande diferencial em sua oferta turística.

As grandes empresas diferenciam-se por fabricarem porcelanas finas em alta escala, um produto de maior valor agregado, comercializado tanto no mercado interno como no externo. O parque industrial instalado em Campo Largo é reconhecido nacionalmente como um dos mais importantes pólos do setor, sendo responsável pela fabricação de 90% da porcelana vendida no mercado interno. Algumas empresas estão inseridas no mercado externo, exportando para países como Estados Unidos, Argentina, Itália, Inglaterra, Alemanha, Suíça e Dinamarca.

O roteiro da louça foi desenvolvido para possibilitar aos visitantes um conhecimento técnico sobre a produção da louça campo-larguense, além de desenvolver o comércio local, possibilitando compras em vários pontos de venda de cerâmica. O passeio da Rota da louça é guiado por agentes especializados das agências de turismo de Curitiba e Campo Largo. Para fazer a rota durante a semana é possível visitar o processo da fabricação da louça e nos finais de semana a visita acontece apenas nas lojas de porcelana e cerâmica. O almoço é servido em uma das fazendas escolhidas. O pacote sai por R$ 189,00 para grupos de 3 a 4 pessoas e R$ 115,00 para grupos com mais de 5 pessoas. Mais informações com a Ivetur- (41) 3365-2000 ou www.ivetur.tur.br

Notícias relacionadas